Publicado por: falmeida222 | Setembro 24, 2009

Mas porquê votar?

Votar é não só um direito constitucionalmente garantido como um dever cívico de todo o cidadão com capacidade para tal.

voto

Mas porquê votar?

Porque chegou finalmente o momento de intervires nos assuntos que te dizem, directa e indirectamente, respeito e que têm grande impacto na tua vida, em todos os domínios, sejam eles na educação, na saúde, no ambiente, na cultura, na segurança, só para referir alguns. Votando tens uma palavra na forma como o teu futuro se vai desenrolar, abrindo novas perspectivas e opções.

Votar ou não Votar, eis a questão?

Votar ou não votar

… não deixe que outros decidam por si!!!

Porque nasceste num estado democrático, onde os cidadãos exercem o poder político através de sufrágio universal, igual e directo, reconheces o seu valor e tens consciência da luta e dos sacrifícios que muitos homens e mulheres fizeram para a conquistar. Ao exerceres o teu direito de voto estás a contribuir para o seu fortalecimento e consolidação.

A primeira mulher a votar em Portugal foi Carolina Beatriz Ângelo (primeira mulher a votar no quadro dos doze países europeus que vieram a constituir a União Europeia) em 1911 contornando a lei que só permitia votar aos cidadãos maiores de 21 anos que fossem chefes de família ou que soubessem ler e escrever (ela era médica, mãe e viúva). Para evitar estes contornos foi modificada o direito abrangente somente o sexo masculino.

A primeira mulher a votar em Portugal foi Carolina Beatriz Ângelo (primeira mulher a votar no quadro dos doze países europeus que vieram a constituir a União Europeia) em 1911 contornando a lei que só permitia votar aos cidadãos maiores de 21 anos que fossem chefes de família ou que soubessem ler e escrever (ela era médica, mãe e viúva). Para evitar estes contornos foi modificada o direito abrangente somente o sexo masculino.

Porque não queres deixar que decisões fundamentais sejam tomadas por outros no teu lugar. A partir de agora podes contribuir activamente para a eleição dos representantes da Nação:

  • Presidente da República (representante máximo da Nação)
  • Legislativas (os nossos representantes na Assembleia da República)
  • Legislativas Regionais
    • Governo Regional dos Açores
    • Governo Regional da Madeira
  • Autárquicas (os nossos representantes nos Municípios e nas Freguesias)
  • Europeias (escolha dos representante nacionais no Parlamento Europeu)

… E ainda sempre que os cidadãos sejam chamados a pronunciar-se sobre questões importantes para a vida em sociedade, através de referendos, nacionais e locais.

O que deves saber antes das eleições

Os cidadãos portugueses e os cidadãos brasileiros que possuam o estatuto de igualdade de direitos políticos (e que disponham de cartão de cidadão ou que constem do sistema de identificação civil), maiores de 17 anos, residentes no território nacional, são provisória e automaticamente inscritos no Recenseamento Eleitoral. Essa inscrição torna-se definitiva quando atingires os 18 anos, idade a partir da qual já podes exercer o teu direito de voto.

Se ainda não sabes o teu número de eleitor e onde votar, damos-te aqui algumas dicas:

  • Consulta: www.recenseamento.mai.gov.pt
  • Envia um SMS para 3838, escrevendo a mensagem RE <espaço> nº de Identificação civil sem check <espaço> data de nascimento AAAAMMDD. Exemplo: RE 12344880 19891007
  • Telefona para 808 206 206

Esta informação só estará disponível na data em que completares 18 anos.

Também te podes informar junto da Comissão Recenseadora que encontrarás na Junta de Freguesia da área de residência indicada no teu B.I.

O que precisas para votar

Quando te apresentares na mesa de voto no dia das eleições, só precisas de indicar o teu nº de eleitor, que podes consultar na página inicial deste portal, e identificares-te com o teu Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão.

Podes saber mais sobre voto pela primeira vez no site Recenseamento Juvenil.


Responses

  1. votar pra que ?
    só pra que eles subam no poleiro e fiquem fazendo merda de leis .
    pra os trabalhadores pagarem mais impostos .
    os empresarios que ja pagam muitos impostos ,agora tem que ter notas eletronicas ,pagar mais taxas de instalação de programas especiais , impressoras especiais que pais de merda é esse democracia , onde ? se só quem esta la em cima que faz as leis e nós temos que cumprir sou revoltado por que o salario que eles ganham em um mes sem fazer nada ou quase nada ,talvas é o meu do ano inteiro por que se eles querem fazer tanto pelo brasil o salario deles tinha que ser o minimo .
    e de onde tanto dinheiro para as campanhas milionarias ,

  2. VOTAR PARA QUÊ!!?
    PARA EXERCER MEU DIREITO DE CIDADANIA E OPTAR PELO MELHOR CANDIDATO A ME REPRESENTAR.O QUE EU NÃO ENTENDO É QUE EM UM PAÍS QUE SE DIZ SER DEMOCRÁTICO COMO O BRASIL, O VOTO É OBRIGATÓRIO? OU SEJA, NÃO SE VOTA POR CONSCIÊNCIA MAS POR MEDO DE ENFRENTAR AS PENALIDAES PREVISTAS NA LEI.

  3. Adorei o desempenho q vc teve ao falar pq votar! Parabens.

  4. votar para perder da mesma forma seus direitos

  5. o delitalia votar não é obrigatorio sabe distinguir dever de obrigatoriedade?

  6. Estou de acordo, pois a política deste país, que se diz democrática não passa de uma farça! Muitos lutaram pela democracia,para que podessemos participar desta liberdade política, e o que acontece? Muitos fazem de sua candidatura um meio de sobrevivência finaceira, só lembram dos eleitores quando estar perto campanha política! Isso é uma vergonha! Altos salários, mordomias,luxurias, enfim; enquanto nós ficamos na espera na fila por migalhas de atendimento: hospitais, educação, segurança,etc… Igualdade, nunca existiu! Depositamos confiança e em troca vemos o desrespeito ao eleitor, pois nos vêem como instrumentos de voto, quanto mais miseráveis e ignorantes, melhor para eles! Pois tentam nos iludir com palavras e promessas impossíveis que vamos viver bem,que vão acabar com a pobreza, que vão melhorar a saúde, a educação, a segurança,,, Este país se encontra desta forma, pelo desrespeito que têem pór nós! Sei que não é fácil, mudar com o estralar dos dedos, mas muitos de nós pais de famílias ficam desesperados por tanta crueldade moral, que acabam fazendo algo que pode defitivamente acabar com sua dignidade, por tentar dar sustentabilidade a sua família. DESRESPEITO MESMO, aos cidadãos brasileiros!
    Gostaria de saber se caso seus cargos ocupados por eles não tivesem remuneração nehuma, eles brigariam para estar nos tais cargos?
    Mas não vou ser tão pessimista, pois acredito que encontremos neste país pessoas realmente comporomissada com este povo sofrido,e que realmente lute por nós. Mas não devemos ficar de boca fechada,sabemos de nossos direitos e não vamos baixar nossa cabeça e deixar que nossa esperança também seja desrespeitada!
    Reage Brasil!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: