Publicado por: falmeida222 | Dezembro 14, 2009

Ataque a Berlusconi!

O ataque a Berlusconi foi captado pelas câmaras de televisão. Alguns já terão visto, outros não. Este vídeo mostra o acontecimento e segue o dia seguinte do primeiro-ministro italiano, ainda hospitalizado.

A agressão de que o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, foi alvo poderá ter-lhe deixado marcas físicas que demorarão a sarar. Mas as indesejáveis cicatrizes poderão traduzir-se em simpatia dos italianos, de acordo com alguns analistas políticos.

Segundo o comentador político Massimo Franco, que escreve no diário Corriere della Sera, o ataque poderá desencadear o «factor simpatia» entre o povo italiano, em relação ao governante, que nos últimos meses viu a sua imagem contaminar-se com uma série de escândalos sexuais e suspeitas de corrupção.

«Foi um milagre não ter perdido o olho»

«Este incidente terá implicações políticas muito importantes», afirmou Franco à agência Reuters, dizendo estar à espera de uma subida da popularidade de Berlusconi junto da opinião pública. «É o chamado factor simpatia. Quase toda a gente concorda que foi mau para ele e para a imagem do país ter sido atacado fisicamente», anotou.


Emilio Lodice, reitor do centro John Felice, em Roma, da Universidade Loyola de Chicago, também concordou com esta visão: «Definitivamente, penso que a estrela de Berlusconi irá subir em todas as frentes depois disto».

E a explicação para o académico deve-se a um efeito de catarse, numa altura politicamente tensa. «Este incidente poderá levar a algum tipo de pacificação», referiu.

Já James Walston, chefe do departamento de ciência política da Universidade Americana de Roma, disse à Reuters que foi quebrado o tabu da violência física, no incidente que envolveu Berlusconi e que, por isso, «há um sentimento enorme de simpatia por ele».

Para este especialista, a grande questão agora é saber se este acréscimo de popularidade vai ser usado pelo primeiro-ministro para implementação de nova legislação que irá reforçar os seus poderes. «As mudanças que dariam ao executivo mais poder e mudanças constitucionais que o tornariam, a ele, primeiro-ministro, imune a processos judiciais e travassem os processos que estão em curso», explicou.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: