Publicado por: falmeida222 | Fevereiro 4, 2010

Estreias da Semana:”HOMENS QUE MATAM CABRAS SÓ COM O OLHAR”;”A PRINCESA E O SAPO”;”TUDO PODE DAR CERTO”

HOMENS QUE MATAM CABRAS SÓ COM O OLHAR
M12|COMÉDIA
|EUA|94m

Realização: Grant Heslov
Argumento: Peter Straughan
Intérpretes: George Clooney, Ewan McGregor, Kevin Spacey, Jeff Bridges, Rebecca Mader, Terry Serpico
IMDB: 6,7/10 (11 464 votos)

null

“Homens que Matam Cabras só com o Olhar” é mais uma sátira que nos chega, da realização de Grant Heslov e com um elenco notável. Além de George Clooney, o elenco é composto por Ewan McGregor, Jeff Bridges, Kevin Spacey, J.K. Simmons, Robert Patrick, Stephen Lang e, como diz o cartaz, a Cabra. O filme conta a história de um repórter no Iraque que pode ter a história da sua vida quando conhece um homem que diz ter pertencido ao Primeiro Batalhão Terrestre do Exército dos Estados Unidos , uma unidade que usa poderes paranormais nas suas missões. O trailer é divertido e promete um filme cheio de sátira militar e política…

““Homens que Matam Cabras só com o Olhar”” coloca Ewan McGregor na pele de um jornalista desesperado por uma história bombástica, que pensa encontrá-la ao conhecer Lyn Cassady (George Clooney), que afirma ser um ex-soldado norte-americano do departamento de psíquicos, reactivado após o 11 de Setembro.

As revelações de Cassady são quase inacreditáveis, e incluem a tarefa de matar cabras telepaticamente simplesmente ao olhar para elas. Jeff Bridges interpreta o fundador do programa de soldados psíquicos e Kevin Spacey outro ex-soldado com poderes mentais que gere um campo de prisioneiros no Iraque.

“Homens que Matam Cabras só com o Olhar” é sem dúvida uma excelente comédia que promete fazê-lo dar umas boas risadas…

A PRINCESA E O SAPO
M4|ANIMAÇÃO
, AVENTURA, FAMILIAR|EUA|97m

Realização: John Musker, Ron Clements
Argumento: John Musker, Ron Clements
Intérpretes: Anika Noni Rose, Terrence Howard, John Goodman, Keith David, Jim Cummings, Jenifer Lewis, Oprah Winfrey
IMDB: 7,7/10 (6 703 votos)

null

A Disney regressa este ano ao universo das princesas e dos contos de fadas com “A Princesa e o Sapo”, com a primeira princesa negra da sua história. A história baseia-se livremente nas muitas versões da lenda sobre a princesa que beija um sapo e nele descobre um príncipe encantado. Aqui, no entanto, é reconfigurada para a de uma criada negra que beija um sapo – que é, na verdade, um príncipe transformado através de vudu – e se vê, também ela, na pele de um batráquio em busca de quem lhe possa levantar a maldição.

“A Princesa e o Sapo” é uma mutação moderna de um conto clássico, que conta com uma linda rapariga chamada Tiana (Anika Noni Rose), um príncipe sapo que tenta desesperadamente voltar a ser humano e um beijo fatídico que os levará numa hilariante aventura através dos fascinantes riachos do Louisiana.

Um musical ambientado na lendária cidade de Nova Orleans, berço do jazz, o filme marca o retorno da Disney à eterna forma de arte tradicional dos filmes de animação, e conta a mais bela história de amor já contada… com sapos, vodus e um jacaré cantor.

TUDO PODE DAR CERTO
M12|COMÉDIA
, DRAMA, ROMANCE|EUA|92m

Realização: Woody Allen
Argumento: Woody Allen
Intérpretes: Ed Begley Jr., Patricia Clarkson, Evan Rachel Wood, Henry Cavill, Kristen Johnston, Michael McKean
IMDB: 7,3/10 (11 050 votos)

null

“Tudo Pode Dar Certo” é a mais recente produção do conceituado realizador Woody Allen. Depois do seu último sucesso “Vicky Cristina Barcelona”, que estreou entre nós no ano passado, o realizador volta agora à sua cidade natal, Nova Iorque. Depois de alguns anos em que o pano de fundo das suas histórias eram cidades europeias, entre as quais Londres e Barcelona, este filme marca assim uma espécie de regresso às origens e Woody Allen mata saudades da sua cidade.

Anunciado como uma comédia negra, “Tudo Pode Dar Certo” trata a relação de um homem maduro com uma jovem de vinte anos, no que pode ser visto como uma abordagem ficcional da biografia do próprio Woody Allen, casado desde 1992 com uma mulher muito mais jovem e que tinha sido adoptada durante a sua relação com a actriz Mia Farrow.

O protagonista é Larry David, um judeu nova-iorquino como Allen e que é considerado por muitos o “alterego” do cineasta, já que faz Boris, um homem excêntrico que abandona a sua vida de conforto para tentar a sorte com uma existência mais boémia como professor de xadrez. Durante essa nova fase, ele apaixona-se por uma jovem muito mais nova que ele, interpretada pela bela Evan Rachel Wood.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: