Publicado por: falmeida222 | Dezembro 21, 2010

Estreias da Semana:”STONE – NINGUÉM É INOCENTE”;”ENTRELAÇADOS”;”I’M STILL HERE”;”KATALIN VARGA”;”MAMMUTH”;”O AMOR É MELHOR A DOIS”

STONE – NINGUÉM É INOCENTE
M12|DRAMA, THRILLER
|EUA

Realizador: John Curran
Argumento: Angus MacLachlan
Intérpretes: Robert De Niro, Edward Norton, Milla Jovovich, Frances Conroy, Enver Gjokaj, Pepper Binkley, Sandra Love Aldridge, Greg Trzaskoma, Rachel Loiselle
IMDB: 6,1 /10 (2 864 votos)

O filme “Stone – Ninguém É Inocente” é um thriller que junta no elenco nomes como Robert DeNiro, Edward Norton, Milla Jovovich e Frances Conroy. “Stone – Ninguém É Inocente” é realizado por John Curran e estreou no dia 8 de Outubro (nos cinemas americanos).

Jack Mabry (Robert De Niro) é um oficial de liberdade condicional que, a apenas uma semana da reforma, se depara com um caso particularmente difícil e que mudará a sua vida: Gerald “Stone” Creeson (Edward Norton) é um assassino condenado pela morte dos seus avós que precisa de provar que está apto a sair em liberdade condicional.

Percebendo as suas poucas hipóteses de conquistar a simpatia de Jack, Stone recorre aos atributos de Lucetta (Milla Jovovich), sua jovem mulher, para seduzir o agente e fazê-lo mudar de ideias.

E é assim que, um homem com uma vida tranquila, vê todo o seu mundo ruir no meio de um jogo de sexo e mentiras, onde ninguém parece estar inocente…

Realizado por John Curran (“O Véu Pintado”, “Desencontros”) inspira-se numa peça do escritor e argumentista Angus MacLachlan.

ENTRELAÇADOS
M6|ANIMAÇÃO, COMÉDIA, FAMILIAR
|EUA

Realizador: Nathan Greno, Byron Howard
Argumento: Dan Fogelman, Jacob Grimm
Intérpretes: Mandy Moore, Zachary Levi, Donna Murphy, Ron Perlman, M.C. Gainey, Jeffrey Tambor, Brad Garrett, Paul F. Tompkins, Richard Kiel
IMDB: 8,2 /10 (5 888 votos)

A Disney vai estrear outro filme com base num conto infantil. Depois de ter estreado já este ano “Princesa e o Sapo” e “Alice no País das Maravilhas”, chega-nos agora o filme “Entrelaçados”. Neste filme, o bandido mais procurado – e mais encantador – do reino, Flynn Rider, junta-se a Rapunzel e formam um improvável duo numa hilariante e frenética fuga de pôr os cabelos em pé, recheada de aventura, emoção, humor e muito cabelo!

Outrora intitulado “Rapunzel”, “Tangled” recupera a fábula da princesa com os cabelos mais longos da história presa no topo de uma torre.

Quando Flynn Rider, o criminoso mais procurado e mais charmoso do Reino, se esconde numa misteriosa torre, é feito refém por Rapunzel, uma bela e espevitada donzela com um cabelo loiro de 20 metros de comprimento.

Procurando escapar da torre onde está presa há anos, chega a um acordo com Flynn e os dois partem numa fuga repleta de aventuras que envolve um cavalo polícia, um camaleão excessivamente protector e um bando de rufias mal-encarados.

O filme será exibido em formato 3D.

I’M STILL HERE
M12|COMÉDIA, DOCUMENTÁRIO
|EUA|107m

Realizador: Casey Affleck
Argumento: Casey Affleck
Intérpretes: Antony Langdon, Joaquin Phoenix
IMDB: 6,3 /10 (2 209 votos)

“I’m Still Here”, um documentário que mostra o actor Joaquin Phoenix na primeira pessoa após a sua decisão de se retirar do ramo. Aliado a este factor está também a polémica em volta do seu visual, bem como algumas atitudes em certas entrevistas que desenvolveu nos últimos meses. Casey Affleck, amigo pessoal de Joaquin Phoenix, aproveitou de certa maneira a polémica actual que envolve o actor, e seguiu Phoenix de perto durante alguns meses. I’m Still Here estreia já em Dezembro no Festival de Veneza e o primeiro trailer já chegou à Internet.

“I’m Still Here”, o primeiro filme do actor Casey Affleck, trata-se de um documentário ficcionado sobre o pretenso “ano perdido” de Joaquin Phoenix.

Com uma mistura de imagens de arquivo, reportagens, programas televisivos, vídeos do YouTube e material privado, tem início no Outono de 2008 quando Phoenix – a meio da promoção de “Duplo amor”, de James Gray – anuncia o fim da sua carreira enquanto actor para se dedicar, em exclusivo, à música.

Durante 107 minutos, vê-se Phoenix a cheirar cocaína, solicitar serviços de prostituição, ter sexo oral com uma agente publicitária, tentar trabalhar com P. Diddy e muitos outros momentos privados e de comportamento extremo de alguém que, entre a reinvenção e a decadência, se encontra a meio de uma encruzilhada.

KATALIN VARGA
M12|CRIME, DRAMA, THRILLER
|ROMÉNIA|82m

Realizador: Peter Strickland
Argumento: Peter Strickland
Intérpretes: Andrea Gavriliu, Roberto Giacomello, Melinda Kántor, Attila Kozma, Szilvia Majláth, Sebastian Marina, László Mátray, Fatma Mohamed, Hilda Péter
IMDB: 7,1 /10 (735 votos)

“Katalin Varga”, que nos chega da Roménia, é a primeira obra de Peter Strickland, um filme bucólico na Hungria rural sobre vingança e redenção. O filme esteve na Abertura do Panorama no Festival de Berlim de 2008, onde conquistou o Prémio da Crítica Internacional. No filme, banida da aldeia em que vive pelo marido, Katalin Varga é obrigada a iniciar uma cruzada para encontrar o pai verdadeiro do filho, Orbán.

Depois de revelado um segredo de anos, Katalin Varga (Hilda Péter) é repudiada pelo seu marido e ostracizada por toda a aldeia, sendo obrigada a partir com Orban (Norbert Tankó), o seu filho de dez anos, numa longa e incerta viagem em busca do verdadeiro pai da criança.

Durante 11 anos, ela guardou o segredo e não se atreveu a seguir as estradas da Transilvânia, mas nada do que a trouxe até ali foi esquecido.

Ao longo do caminho, as paisagens cada vez mais perturbadoras lembram-na que, no final da jornada espera-a o seu passado mas, com ele, também a possibilidade de remição.

Escondendo do filho o real objectivo da viagem, Katalin atravessa os Cárpatos onde decide reabrir um capítulo sinistro da sua vida e vingar-se do que lhe fizeram. A vingança levá-la-á a voltar a pisar a terra a que onze anos anos implorou para não voltar.

MAMMUTH
M12|COMÉDIA, DRAMA
|FRANÇA|92m

Realizador: Gustave de Kervern, Benoît Delépine
Argumento: Benoît Delépine, Gustave de Kervern
Intérpretes: Gérard Depardieu, Yolande Moreau, Isabelle Adjani, Benoît Poelvoorde, Philippe Nahon, Bouli Lanners, Anna Mouglalis
IMDB: 6,8 /10 (505 votos)

“Mammuth”, com Gerard Depardieu, é um road movie nostálgico, no qual Depardieu faz o papel de um operário aposentado que cai na estrada em busca de testemunhos de ex-patrões e colegas para completar o processo da aposentadoria. E, ao longo do caminho, passa em revista a sua trajectória. Realizado pela dupla francesa Benoît Delépine e Gustave Kervern, o filme traz também a participação especial de Isabelle Adjani, no papel de uma figura do passado que assombra o personagem de Depardieu durante toda a sua jornada.

Serge Pillardosse fez 60 anos. Trabalha desde os 16, nunca esteve desempregado, nunca esteve doente. Mas a hora da reforma chegou e é a desilusão: faltam-lhe os pontos necessários para ter direito a ela, alguns empregadores esqueceram-se de o declarar.

Incentivado pela mulher, Catherine, monta na sua velha mota dos anos 70, uma Mammuth que é a razão de ser da sua alcunha, e parte em busca dos seus recibos de salário, regressando aos lugares da juventude.

Uma viagem que o leva a juntar-se com antigos patrões, amigos e membros da família que há muito não via. Na estrada, começa a perceber que as pessoas sempre o viram como um imbecil sem educação.

Cheio de dúvidas, perseguido pelas aparições do fantasma de Yasmine, o seu primeiro amor perdido num dramático acidente de mota, a sua jornada para recuperar os papéis em falta vai-se transformando, pouco a pouco, numa futilidade.

A salvação chega pelas mãos da sua jovem sobrinha, que acorda o poeta feliz adormecido dentro dele. Em vez de envelhecer lentamente em direcção à morte, Mammuth decide dar um novo começo à sua vida.

O AMOR É MELHOR A DOIS
M12|COMÉDIA, DRAMA
|EUA|110m

Realização: Andy Tennant
Argumento: Sarah Thorp
Intérpretes: Jennifer Aniston, Gerard Butler, Jason Sudeikis, Dorian Missick, Joel Marsh Garland, Christine Baranski, Peter Greene, Siobhan Fallon
IMDB: 5,8 /10 (154 votos)

“O Amor é melhor a Dois” é uma comédia romântica à francesa, protagonizada por Clovis Cornillac, Manu Payet, Annelise Hesme e Virginie Efira.

Michel (Clovis Cornillac) é um romântico que ainda sonha conhecer a rapariga perfeita através do puro acaso, tal como sucedeu com os seus pais e avós. Vincent (Manu Payet), por outro lado, é um firme crente no velho adágio de que os homens têm o cérebro dentro das calças…

Estes dois amigos de infância, com seus pontos de vista diametralmente opostos sobre as mulheres, descobrem os limites das suas perspectivas quando Angèle (Virginie Efira) e Nathalie (Annelise Hesme) entram nas suas vidas.

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: